quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Professora da Escola Santa Isabel morre depois de ser atropelada por moto em Serra Talhada

Foto: mais pajeú
Um grave acidente ontem (17) na BR 232, trecho dos bairros São Cristóvão/Universitário, em Serra Talhada, tirou a vida de Maria de Lourdes Pereira de Lima, conhecida como “Tia Lurdinha”, da Escola Santa Isabel.

A mesma teria sido atropelada por uma moto em alta velocidade, após a colisão a vítima bateu a cabeça numa calçada. Lourdinha foi socorrida para o Hospan mas acabou não resistindo aos fermentos e faleceu.

Fonte: Blog do Luiz Carlos


Presos traficantes que usavam vaquejada para lavagem de dinheiro

Fotos: Polícia Federal/Divulgação 
Na tentativa de disfarçar o ganho com o tráfico de drogas, uma das maiores quadrilhas de tráfico de crack do Nordeste investia na compra de cavalos de raça para uso em circuitos de vaquejada em todo o País. A ação foi deflagrada nesta quarta-feira (17) pela Polícia Federal de Maceió/AL. A operação "Pedra 90" abrangia os estados de Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Mato Grosso e Pará. Com o lucro, os traficantes compravam bens de luxo, como carros importados, imóveis, haras e fazendas.
Um dos integrantes do grupo foi preso em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife. Rodrigo Ayres Neves, 31 anos, gerenciava e era responsável pela distribuição da droga. O homem foi autuado por tráfico interestadual de entorpecentes e associação criminosa. A pena pode chegar a 25 anos de reclusão. Rodrigo já fez exame de corpo de delito e encaminhado para o Sistema Prisional em Sergipe.



Além do tráfico de drogas, a quadrilha também atuava na lavagem de dinheiro. Os entorpecentes eram comprados em Mato Grosso e, em seguida, distribuídos no Nordeste. O termo "pedra 90" é uma gíria utilizada para denominar "pessoa legal". O grupo tentava se passar de empresários bem sucedidos, principalmente no ramo da vaquejada. Um dos chefes da organização, Cícero Bezerra da Silva, por exemplo, é proprietário de um haras na cidade de Palmeira dos Índios, em Alagoas, e recentemente teria negociado um cavalo pelo valor de R$ 200 mil.

Até agora já foram cumpridos oito mandados de prisão preventiva, oito mandados de busca e apreensão e um mandado de condução coerciva. Cerca de 400 kg de crack foram apreendidos somente em Aracaju (SE), em menos de um ano de investigação. Eliane Magalhães Dezan, Fábio Antônio Dezan, Greuber Aristóteles Ribeiro, Deivit Roberto Dezan e Marciliano Alves Fernandes e Nilo Soares também já foram presos em Sergipe.

Do NE10

Secretária quer transformar a praça de alimentação em Serra Talhada em espaço de lazer para as famílias

Fotos: Agência Papiro
Em entrevista a Rádio "A Voz do Sertão AM", a secretária de Desenvolvimento Econômico de Serra Talhada, Luciana Magçhães, disse que as novas medidas que estão sendo implementadas na praça de alimentação do Pátio da Feira, em parceria com o MPPE (Ministério Público de Pernambuco) trarão resultados favoráveis, "vai ser bom para todo mundo. Para sociedade como um todo, que poderá ter mais um espaço de lazer para família, como para os permissionários, que terão um movimento maior no seu comércio", disse Luciana.

Recentemente o MPPE enviou recomendação para Prefeitura de Serra Talhada para se proibir a venda de bebidas alcoólicas no Pátio da Feira, na Praça de Alimentação e no Mercado Público, a medida gerou um verdadeiro alvoroço entre os permissionários que enxergavam nisso uma queda brusca no seu faturamento.
"No mercado público já não comercializa bebida de tipo nenhum", garantiu Luciana Magalhães e adiantou que está sendo negociado com os permissionários e com o próprio MPPE uma saída para o impasse.


Nesta quarta-feira (17), representantes dos permissionários, o promotor Dr. Vandeci Sousa Leite, a secretária Luciana Magalhães, o vereador e presidente da Câmara José Raimundo Filho e outros interessados no assunto se reuniram na sede do Ministério Público e traçaram regras para o cumprimento da recomendação.
Segundo o MPPE, a medida se dá devido a questões de segurança e abusos no cumprimento das leis, como venda de bebidas para menores e consumo de drogas.
Ficou acertado que serão confeccionados TACs (Termo de Ajustamento de Conduta) individuais que serão formalizados entre os proprietários dos estabelecimentos com o próprio MPPE e neles, um conjunto de regras, apresentadas pela Prefeitura, terão que serem seguidas, sob pena da cassação do Alvará de Funcionamento daquele que insistir em não cumprir as determinações.
"Aquilo ali é um espaço público e temos que seguir regras", alertou Luciana. As regras são simples e conforme ela informa, diversas delas já começaram a serem posta em prática.
Trata-se de regras de convivência, entre elas a boa apresentação dos funcionários dos estabelecimentos que comercializam no local, a proibição de venda de bebidas destiladas em lata ou garrafa, estas só poderão serem comercializadas em dose, número determinado de mesas para cada estabelecimento, acomodação adequada do lixo, limpeza e higiene no ambiente de trabalho e outras, que segundo a secretária serão divulgadas para população no tempo necessário.

Algumas datas foram estipuladas. Até o próximo dia 20 todos os permissionários e seus funcionários deverão estar devidamente fardados. Até o dia 29 do corrente mês todos deverão apresentar à Secretaria o termo de permissão de uso do espaço e até o dia 31 todos devem estar totalmente adequados as normas estabelecidas para assinarem o TAC.

A prefeitura por sua vez se compromete até o final do próximo mês realizar treinamento através de curso de atendimento e manipulação de alimentos.
"Queremos dar uma nova cara ao espaço e mostrar para sociedade que ali é um bom lugar para levar a família. Transformar a Praça de Alimentação em um atrativo turístico e para isso estamos contando com a participação de todos os permissionários, e da população", finalizou Luciana.
Todas as regras impostas para o Praça de Alimentação serão também implementadas no Pátio da Feira.

Da Assessoria de Imprensa da PMST

Pernambucanos morrem em acidente na BR-101, na Paraíba


Quatro pessoas morreram em um acidente envolvendo uma Kombi, um caminhão e um carro na BR-101 Norte, no quilômetro 112, em Águas Lindas, Paraíba, logo após a divisa com Pernambuco, na manhã desta quinta-feira (18). Seis pessoas ficaram feridas. O acidente aconteceu por volta das 6h10 no sentido Recife - João Pessoa.

O motorista do carro, um Fiesta, declarou que foi trancado por outro veículo e perdeu o controle, indo para o acostamento, a direita da via. Ele bateu na defensa (barra de aço que ficam nas laterais e canteiro central), rodou, cruzou a pista na mesma direção e bateu na defensa central, parando na pista de rolamento da esquerda.

A Kombi, de placa pernambucana, trafegava na faixa da esquerda e, para evitar colidir com o Fiesta, desviou para a direita. Um caminhão, que vinha pelo lado direito da pista, bateu na Kombi, arremessando o veículo no Fiesta. Tanto a Kombi quanto o Fiesta pegaram fogo.

O motorista do Fiesta ficou levemente ferido. Cinco ocupantes da Kombi ficaram gravemente feridos. Outros quatro passageiros do utilitário não conseguiram sair e foram carbonizados. O grupo seguia de Goiana, na Zona da Mata pernambucana, para uma cidade não informada na Paraíba.

O motorista do caminhão saiu ileso. O trânsito na BR ficou interditado, mas já foi liberado pela Polícia Rodoviária Federal da Paraíba.

Do JC Online

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Armando ataca e Paulo revida no debate da TV Jornal



Primeiro debate na televisão com os candidatos ao Governo de Pernambuco foi quente, com direito à troca de acusações, frases polêmicas e atuações incisivas dos participantes.

Armando Monteiro Neto (PTB) e Zé Gomes (PSOL) não se uniram, mas ambos atacaram Paulo Câmara (PSB), que lidera as pesquisas de intenção de voto no Estado. 

O debate da TV Jornal também foi acompanhado por 11 mil internautas simultaneamente pela web, através do NE10 e UOL.

Postagens mais antigas → Início