sábado, 28 de fevereiro de 2015

Itep abre vaga para 50 professores temporários

Foto: Reprodução
O Instituto de Tecnologia de Pernambuco (Itep) abriu concurso para a seleção de 50 professores temporários. Os professores devem atuar na área de ensino médio nos centros do Itep espalhados pelo Estado. As inscrições podem ser feitas até o dia 18 de março.

Os selecionados vão preencher as vagas nos centros do Itep localizados nos municípios de Olinda, Caruaru, Garanhuns, Araripina e Serra Talhada. A contratação é por tempo determinado - será informado ao selecionado por telegrama - e sob o regime de celetista.

A remuneração será feita com base na hora/aula, podendo variar de R$ 20,60 para o técnico de nível médio; R$ 25,75 para o graduado; R$ 30,90 para o especialista; R$ 36,05 para o mestre; e R$ 46,35 para o doutor.

O resultado final será divulgado no dia 1°de maio. Além dos classificados, o Itep informa que ainda vai criar um cadastro reserva com os não selecionados. Para fazer a inscrição, os interessados devem acessar a aba "Trabalhe Conosco" através do site http://www.itep.br até as 16h do dia 18 de março. É preciso fornecer os seguintes dados: número do RG e do CPF, endereço completo, e-mail para contato, a titulação e a experiência profissional de que são detentores e, se for o caso, a condição de pessoa com deficiência.

Depois que a inscrição for confirmada, o candidato deve enviar toda a documentação solicitada no edital do concurso para o e-mail uept@itep.br até as 22h do dia 18 de março. É importante estar atendo, pois todos os documentos devem estar nos formatos PDF ou JPG, com até 10MB. A lista completa desses documentos pode ser conferida no item 2.4 do edital.

FASES DO CONCURSO: O processo seletivo será composto de três fases: prova de títulos de caráter eliminatório e classificatório; entrevista de caráter eliminatório e classificatório; e prova didática, pública, com entrega do Plano de Aula, de caráter eliminatório e classificatório. A primeira fase (prova de títulos) ocorrerá no período previsto de 19 a 30 de março, com publicação do resultado preliminar até o dia 30 de março, após as 16h. As datas específicas para cada Centro Tecnológico, horários e locais de realização das provas didáticas e entrevistas serão divulgados no site do Itep no dia 6 de abril. As provas didáticas e entrevistas ocorrerão no período de 9 a 24 de abril.

Do NE10

PRF combate irregularidades das cinquentinhas no Grande Recife

Foto: PRF/divulgação
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou uma ação com foco em coibir irregularidades das motos de 50 cilindradas, mais conhecida como cinquentinhas, nas rodovias da Região Metropolitana do Recife. A operação denominada "Cinquentinha" foi realizada nesta sexta-feira (27).
Foto: PRF/divulgação
Nesta primeira etapa, foram fiscalizados 109 ciclomotores e 172 motociclistas, resultando em 36 veículos removidos, e 23 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) emitidos e três adolescentes apreendidos por conduzir "cinquentinhas". Na operação, também foi detido um homem com mandado de prisão em aberto por dois homicídios. Outras quatro pessoas também foram presas, sendo uma por adulteração nos sinais identificadores da moto e três por falsificação de nota fiscal do ciclomotor.

De acordo com a PRF, os condutores destes veículos vêm cometendo diversas irregularidades no trânsito do Estado, como a lotação excedente, circulação na contramão, falta de documentação, entre outras imprudências na condução do veículo. A PRF registrou que muitas "cinquentinhas" são furtadas e usadas para cometer outros crimes, como "rachas" e assaltos.

Do JC Trânsito

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Duque como vice de Carlão 'imperava absoluto" na zona rural, agora como Prefeito tem rejeição de 58%


Durante oito anos que foi vice-prefeito de Carlos Evandro, o atual prefeito de Serra Talhada, era conhecido como "o prefeito da zona rural", tamanha era sua atuação na área.

Duque participava ativamente de todos os movimentos das associações rurais do município, além de presidir o CMDRS (Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável). Era ele o elo entre o governo municipal e as comunidades rurais.

Este trabalho no campo serviu inclusive para concretizar sua eleição a prefeito da Capital do Xaxado já que, o então prefeito (Carlos Evandro) tinha uma aprovação de 84% na zona urbana do município e Duque era nome forte na zona rural, a união culminou com a sua vitória em uma campanha histórica.

Depois de eleito portanto, o agora prefeito Luciano Duque não tem dado a atenção que antes dispensava ao campo, " ele (Duque), antes aparecia aqui, agora a gente não sabe nem se essa pessoa existe", declarou um agricultor fazendo suas queixas quanto ao abandono da sua região e, mesmo elogiando os esforço do secretário de agricultura do município, José Pereira, cobra uma presença mais efetiva do prefeito.

As queixas do agricultor de 67 anos, que pediu para não ser identificado (segundo ele por orientação dos seus familiares), é comprovada agora na pesquisa que vem sendo divulgada pelo blog Farol de Notícias. Segundo o blog, 58% dos entrevistados na zona rural desaprovaram a administração do prefeito Duque.

Da Papiro Comunicação e Marketing

Bancada pernambucana se divide sobre novos benefícios para os deputados

Foto: Diego Nigro/JC Imagem
Num momento em que a crise política brasileira chega ao ápice e medidas econômicas cobram parcimônia e sacrifícios à população, o incremento nos benefícios recebidos pelos deputados federais está causando polêmica, especialmente aquele que prevê o pagamento de passagens aéreas para os cônjuges dos deputados.

“É um equívoco, a Câmara se colocou contra os interesses do povo, que cada vez mais exige moralidade e transparência”, disse Betinho Gomes, cujo partido, o PSDB, divulgou sua decisão coletiva de não fazer uso da verba para esse fim. Ele destacou que a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP) teria sido a única integrante da mesa diretora a votar contra os aumentos divulgados na última quarta (25).

Opinião semelhante foi externada por Raul Jungmann (PPS), para quem “homem público não tem família” e “não é certo utilizar dinheiro do erário para gastos privados, com familiares”. “Continuarei pagando eventuais passagens do meu próprio bolso e considero que esta decisão veio num momento inadequado, jogando o poder legislativo na fogueira da crise”, afirmou.

Já a bancada do DEM está dividida sobre a concessão dos tíquetes aéreos. No bloco que desaprova a medida, destaca-se o líder do partido na Casa, Mendonça Filho. Através de sua assessoria de imprensa, o deputado informou que não irá utilizar sua cota para despesas com a compra de passagens para a esposa.

O deputado Augusto Coutinho (SDD) mostrou-se favorável à compra de passagens. “Minha esposa não vai muito a Brasília, mas nem todos os deputados têm suas famílias morando na cidade”, argumentou.

O deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB) também é a favor das medidas decretadas por seu correligionário carioca Eduardo Cunha. “Na Câmara, há coisas muito mais erradas do que isso. Não vejo nada de mais. Mas sou a favor de ser apenas a partir do Estado de origem. Pior era antes, quando podia-se levar os filhos e até a empregada doméstica”, justificou. Divorciado, o parlamentar não poderá usufruir do benefício.

Tadeu Alencar (PSB) destacou que o congresso “deveria estar preocupado em cumprir as pautas que a sociedade espera dele”, e que a questão das passagens é “acessória”. Embora abdique do benefício, ele se absteve de “julgar quem decidir optar por isso”.

“Todo esse pacote de benefícios já constava do orçamento para 2015, mas reconheço os exageros. Esse desgaste deveria ter sido evitado. Não vou usar, mas é uma decisão pessoal”, esquivou-se por sua vez Sílvio Costa (PSC).

Eduardo da Fonte (PP) também ficou em cima do muro: “Não sou casado, não tenho que decidir sobre isso. Prefiro não opinar”, declarou.

Outros parlamentares da bancada pernambucana foram procurados pela reportagem, mas não atenderam às ligações.

APAE Serra Talhada bota seu "Bloco" na rua

Fotos: Leidiane Rodrigues/C1
As aulas na APAE (Associação de Paes e Amigos dos Excepcionais) em Serra Talhada recomeçaram para este ano letivo de 2015 na segunda-feira passada (23) e, seguindo a risca as comemorações das datas festivas, nesta sexta-feira (27) reuniram seus alunos e ao som de muito frevo e a animação do Palhaço Bolachinha, colocaram literalmente o "bloco" na rua, comemorando seu carnaval fora de época.

Atualmente são 155 alunos que recebem toda assistência da APAE, com aulas para todas as séries do ensino inicial e ainda, aulas de teatro, dança, artes, etc. A associação realiza um trabalho de inclusão e assistência, não apenas aos "especiais" mas também as suas famílias.



Desde o final do ano passado a APAE Serra Talhada tem nova diretoria, agora o presidente é o empresário Silberto Fortunato Filho, que participou da folia que percorreu diversas ruas do centro da cidade.

" a prática de comemorar as datas festivas do calendário continuará sendo obedecida na APAE, até porque esta é uma maneira de fazer nossos associados participarem ativamente do cotidiano da sociedade", declarou Silberto e informou ainda que já estão preparando os festejos da páscoa. Nesta época, tradicionalmente, no pátio da Igreja do Rosário, na Concha Acústica da Cidade, os alunos apaeanos, encenam os últimos momentos da vida de Cristo.

A APAE de Serra Talhada este ano completa sua maioridade (18 anos), e cada vez mais fortalece-se junto a sociedade local. Uma das suas metas é a construção da sede própria. Segundo seus diretores, em breve deverão lançar em toda região uma campanha para arrecadar fundos para este intento. "A instituição já possui o terreno, vamos partir agora para concretizar o sonho", declararam.

Da Papiro Comunicação e Marketing

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Juiz do Piauí determina suspensão do WhatsApp no Brasil

Foto: Reprodução
Um juiz do Piauí determinou o bloqueio do WhatsApp no Brasil, em razão de a empresa supostamente ter descumprido decisões anteriores relacionadas a investigações realizadas pela Polícia Civil do Estado. O motivo seriam crimes envolvendo crianças e adolescentes.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Piauí, a ordem judicial, emitida no dia 11 de fevereiro, foi encaminhada aos provedores de internet e de conexão, como as operadoras de telefonia, e não aos donos das lojas de apps, como o Google e a Apple. O magistrado é da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina.

De acordo com Katia Esteves, delegada titular a DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), houve o pedido de bloqueio à Justiça em razão de, desde 2013, a companhia não ter atendido a pedidos envolvendo as investigações do órgão. "Não posso me manifestar sobre o assunto, porque ele é sigiloso. Mas envolve a delegacia em que eu trabalho", disse Esteves.


Da Folhapress

Postagens mais antigas → Página inicial