sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Inocêncio e Sebastião Oliveira comandam carreata em favor de Aécio Neves

Principal líder político de Serra Talhada, o deputado Inocêncio Oliveira participa neste sábado de carreata, comício e caminhada em prol da Frente Popular e da candidatura presidencial de Aécio Neves no município e na região do Pajeú.

Inocêncio e seu grupo, o federal eleito Sebastião Oliveira e o ex-prefeito Carlos Evandro já se articulam com vistas à sucessão do prefeito Luciano Duque (PT) em Serra Talhada.

Nas tratativas preliminares, os primeiro nomes são postos à mesa.

Da Assessoria de imprensa do dep Inocêncio Oliveira


Com recicláveis a prefeitura de Serra Talhada prepara o "Natal dos Sonhos"

Trilhando pelos mesmos caminhos do ano passado, a Prefeitura de Serra Talhada optou por decoração natalina da cidade com recicláveis e já começou a campanha junto a população para realizar o seu projeto de "Natal dos Sonhos".

O Governo de Serra Talhada está convidando a população para participar do "Natal dos Sonhos" e conforme declara a primeira dama Karina Rodrigues, idealizadora do Projeto, "é uma oportunidade de todos juntos participar de um natal especial em Serra Talhada, e isso de maneira simples, apenas doando garrafas pet de dois litros que irão ajudar na decoração da cidade, é um presente para cidade do coração da gente", diz ela.

As doações das garrafas pet de dois litros podem ser feitas em uma rede de postos de coleta que a Prefeitura espalhou pela cidade, confira:

Escolas Municipais:

Cônego Torres

Nossa senhora da Penha (Cohab)

Vicente Inácio de Oliveira (Mutirão)

São Pedro (Centro)

Creche São João Batista (IPSEP)

José Rufino Alves (Caxixola)

Batista Guilherme

Tabelião Antonio Alves de Sousa (Malhada)

Tancredo Neves

Pequeno Mandacaru (Bom Jesus)

Antonio Medeiros (Borborema)

e na escola Estadual Antonio Timóteo (Bom Jesus).


Também nas escolas da rede particular:

Nova Geração

Francisco Mendes

Santa Isabel;



ou ainda nos restaurantes:

Pizzaria Papillon

Arri Égua

San Martin

Panela de Barro.

Com os materiais recolhidos a Prefeitura vai decorar ruas, praça e avenidas, dando um colorido e cores especiais a Capital do Xaxado, transformando-a na "Capital do Natal". A exemplo do que foi feito no natal de 2013. os organizadores prometem muitas surpresas para população.

Assessoria de Imprensa da PMST

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Quase 200 armas são entregues por mês em Pernambuco

Adicionar legenda
Em Pernambuco, a Campanha do Desarmamento recolheu 7.440 armas e 13.610 munições entre 14 de maio de 2011 e 4 de setembro de 2014, de acordo com balanço divulgado pela Polícia Federal. Os números correspondem a sete armas entregues por dia, 49 por semana e 196 por mês. O incentivo à entrega de armas começou, há dez anos, após a implantação do Estatuto do Desarmamento.

Em 23 de outubro de 2005, foi realizado no Brasil referendo para que a população respondesse "sim" ou "não" à pergunta "O comércio de armas de fogo e munição deve ser proibido no Brasil?". Há nove anos, quase 60 milhões de pessoas, correspondente a 63,94%, decidiram que não concordavam com a proibição. A partir do Estatuto do Desarmamento, implantado dez anos, iniciou-se a Campanha do Desarmamento, que segue até hoje, reformulada.

Apesar disto, entregar armas ainda causa desconforto entre a população, que ainda se sente desprotegida. Um empresário, que preferiu não se identificar, decidiu entregar uma arma porque estava irregular. "Eu tinha uma arma na empresa, que não tinha licença, e era usada de forma irregular. Para eu ter um porteiro que possa trabalhar armado, eu teria que atender às normas do governo; ela teria que estar legalizada, os porteiros tinham que fazer um curso, o salário dele aumentava", explicou.

Para manter a segurança, o empresário contratou uma empresa terceirizada de segurança. "Quando surgiu a Campanha do Desarmamento, eu fui incentivado até pela mídia mesmo, e era uma oportunidade de eu me livrar dessa situação irregular", afirmou. Porém, ao lembrar o referendo, ele diz que votou a favor da proibição: "Eu concordei porque imaginava que seria diferente, que ia ter um rigor maior no controle, mas acabou que desarmou mais a população e os bandidos continuaram armados".

Em 2013, São Paulo liderou o ranking nacional de entrega de armas, com 8.511, seguido da Bahia, com 3.853, Rio Grande do Sul, com 3.641, e Minas Gerais 3.371. Pernambuco aparece na quinta colocação, com 3.110 armas entregues voluntariamente. Mas, percentualmente, somando-se o que foi entregue por população de 100 mil habitantes, Pernambuco aparece em primeiro, com 35,36%, seguido por Rio Grande do Sul, com 34,04%, e da Bahia, 27,48%.

De acordo com o chefe de Comunicação da PF-PE, Giovani Santoro, o anonimato é garantido: "A pessoa não precisa se identificar nem prestar qualquer esclarecimento. Quando realiza uma entrega, ela ainda tem direito a uma indenização que varia de R$ 150 a R$ 450, em até 48 horas em qualquer terminal eletrônico do Banco do Brasil". Para mais informações, acesse www.entreguesuaarma.gov.br.

Do NE10

FHC diz que nunca sofreu com falta de água e nega preconceito com Nordeste

Foto: Orlando Brito/PSDB
Em meio à polêmica da dificuldade de abastecimento de água em São Paulo, estado governado pelo PSDB, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso (PSDB) afirmou, na manhã desta quinta-feira (23), em entrevista à Rádio Jornal do Recife, que nunca sofreu com a falta de água em seu apartamento, na capital paulista. “Nesse momento tem. Como é prédio, sempre guarda água. Eu nunca sofri falta de água”, disse.

Em São Paulo, moradores de algumas cidades e de bairros da capital têm se queixado da falta de abastecimento de água em alguns horários do dia, após a reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Os paulistas têm dificuldade de abastecimento devido a queda no nível de água do Sistema Cantareira, que abastece 8,8 milhões de pessoas.
Foto: reprodução da Internet
NORDESTE – Questionado sobre o discurso petista de que abandonou o Nordeste, FHC negou que o PSDB tenha qualquer tipo de preconceito com a região. “O meu vice foi o Marco Maciel. Não tem como dizer que eu tenho preconceito contra o Nordeste”, disse o ex-presidente, que lembrou que seus avós nasceram em Viçosa, no interior de Alagoas. “Isso não tem nenhum sentido. É simplesmente eleitoreiro. E perigoso! Porque é lançar uma parte do Brasil contra o Brasil”, se queixou.

Fernando Henrique disse não ter dúvida de que as gestões do PT no governo federal foram mais generosas com o Nordeste, mas disse que isso ocorreu apenas porque a conjuntura deixada pelo seu governo era melhor que a que ele recebeu.

Ele também lembrou que foi na sua gestão que foram criados os primeiros programas sociais da região, como Seguro Contra a Seca e o Bolsa Escola, além da conclusão dos portos de Suape, em Pernambuco, e de Pecém, no Ceará.
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula/Arquivo
LULA E DILMA – Fernando Henrique também se queixou do tratamento que o ex-presidente Lula (PT) e que a presidente Dilma Rousseff têm dado ao seu governo, amplamente criticado neste segundo turno. Para ele, a desconstrução se tornou uma obsessão do ex-presidente Lula. “A tática do PT e do ex-presidente Lula é de demonizar os adversários”, afirmou.

“Fico triste de ver como é que uma pessoa se transformou tanto e se transformou no arauto da tragédia”, afirmou, depois de lembrar que conhece o presidente desde a época em que ele era um líder sindical em São Bernardo, Região Metropolitana de São Paulo. “Fico triste porque eu acho que a presidente Dilma tem mais integridade”, se queixou, sobre os ataques de Dilma de que a gestão do PSDB seria corrupta.

Irônico, FHC também disse que Dilma merecia o Nobel de tanta incompetência na economia e disse haver uma “má-fé extraordinária” por parte da petista. Ele também lembrou de momentos em que Lula e outros petistas elogiaram o seu governo, após assumir, em 2003.
Foto: Agência Brasil
PSDB – O ex-presidente assumiu, porém, que boa parte das críticas é resultado da incapacidade dos tucanos em defender o seu legado. “O clima era tão pesado de críticas que os candidatos do PSDB tinham medo de perder a eleição se defendessem o governo. Uma coisa errada”, reclamou.

“O Aécio Neves teve uma posição corajosa e enfrentou. E o resultado é positivo porque ele está aí competitivo”, elogiou. FHC disse ainda que prefere ficar à margem dessa discussão e deixar que a história o julgue. O tucano disse que sequer recebe a aposentadoria presidencial a que tem direito.

Do Blog de Jamildo

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Psiquiatra é preso suspeito de abuso sexual em pacientes hipnotizados

Foto: Reprodução/TV Jornal
Um psiquiatra foi preso nessa terça-feira (21) suspeito de abusar sexualmente de pacientes em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. De acordo com informações da Polícia Militar, Lindenberg Izaac de Macêdo, de 73 anos, usava técnicas de hipnose e remédios sedativos para praticar os crimes na clínica onde trabalhava no bairro Heliópolis.

O psiquiatra era investigado pela polícia desde 2008, quando houve a primeira denúncia. Ainda segundo a polícia, a prisão ocorreu após a expedição de um mandado de prisão pela 1ª Vara Criminal do município. Segundo o delegado Edmilson Batista, responsável pela prisão, a medida preventiva tenta evitar novos abusos por parte do psiquiatra.

Pelo menos três mulheres teriam denunciado abusos ao Ministério Público. Elas têm entre 35 e 45 anos e faziam tratamento contínuo com o psiquiatra. Elas contaram, no entanto, que os abusos não aconteciam nas primeiras consultas e que, quando ocorriam, primeiro ele as dopava para depois usar a hipnose. As vítimas contaram à polícia que, quando acabava o efeito, perceberam que haviam sido abusadas.

O psiquiatra foi encaminhado para a delegacia e, em seguida, levado para a Cadeia Pública de Garanhuns.

Do NE10

Mais de 400 Professores de Serra Talhada vão atuar no programa Paulo Freire

Foto: SEST
O Programa Paulo Freire é destinado exclusivamente a alfabetização de adultos, principalmente aqueles de idade já avançada e que desejam aprender a ler e escrever.

Nesta terça-feira (21) mais de 400 professores se reuniram no auditório da SEST (Secretaria de Educação de Serra Talhada) para assinar o termo de adesão ao programa.

Segundo a coordenadora do programa no município, a professora Luíza Rejane Eliodoro, os professores que atuam no programa são "voluntários", apenas o estado disponibiliza para os mesmos, a título de ajuda de custo uma bolsa de R$ 400,00.

O Programa atende alunos a partir dos 15 anos, sem limites de idade máxima e, conforme informa Rejane a grande maioria dos alunos é formada por adultos acima dos 50 anos, por esse motivo, diz ela, "quase todos não continuam os estudos, eles desejam apenas aprender a ler e escrever. Sentem prazer em poder assinar o seu nome", explica.

De acordo com suas informações o aproveitamento do curso, que dura 8 meses é muito bom, "em média 70% do pessoal sai sabendo ler e escrever", diz ela.

Cada professor forma sua turma, que na zona rural pode ser de no mínimo 10 alunos e na zona urbana de 15. As aulas podem ser ministradas em qualquer local. "Podem pedir sala de aula emprestada em alguma escola do bairro ou da comunidade, como também pode ministrar as aulas na sala da própria casa, em garagem, igreja, etc.", informa a coordenadora.

O Programa terá início no próximo dia 20 de novembro e deverá ir até julho do próximo ano, quando então serão abertas matrículas para novas turmas.

A Secretaria de Educação do Município é a grande parceira do Estado no Programa, ficando sob sua responsabilidade o acompanhamento de todo processo.

Assessoria de Imprensa da PMST


Postagens mais antigas → Início